Altice investe 10 milhões em vários projetos pelo país

2020-07-02 A Altice Portugal acaba de anunciar um investimento superior a 10 milhões de euros e um programa inédito: 10 distritos, 20 municípios e 3.700 quilómetros. É o périplo que a Comissão Executiva do operador está a fazer pelo país, assinalando o regresso ao território e o mote do grupo de proximidade, investimento, inovação, qualidade de serviço e responsabilidade social.

Assim, desde hoje, a administração está a deslocar-se a várias regiões de norte a sul de Portugal, com o anúncio de investimentos em projetos no âmbito do reforço de cobertura de redes, apoio tecnológico a instituições de saúde, parcerias com a Academia, através do quartel-general de inovação, a Altice Labs, assim como a democratização do acesso à cultura, através das cabines de leitura da Fundação Altice, respeitando sempre todas as nomas de segurança e saúde pública hoje exigidas da Direção Geral de Saúde.

"A Proximidade é já um pilar indissociável do nosso ADN e queremos que constitua um exemplo para todos. Esta deslocação, e em particular todo o investimento a ela associado - mais de 10 milhões de euros - mostra que continuamos a apostar no País e a assumirmo-nos enquanto motor de desenvolvimento económico e social, para lá de todas as fronteiras e densidades populacionais. Estamos cá, estivemos sempre cá e vamos continuar", refere em comunicado Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da Altice Portugal.

Este regresso ao território marca uma nova vaga de investimento, em especial no que respeita ao reforço da expansão de fibra ótica de última geração. Num investimento privado, autónomo e totalmente voluntário, uma dezena de municípios vão beneficiar do reforço das suas redes de fibra ótica e, em alguns casos, de rede móvel, em coberturas que em muitos casos superam os 90%. Abrantes, Cantanhede, Celorico da Beira, Constância, Covilhã, Figueira da Foz, Guarda, Mangualde, Pombal, Santa Maria da Feira são os municípios visados nesta nova vaga de investimento da Altice Portugal.


Hoje, são já mais de 5,1 milhões de lares e empresas abrangidos pela infraestruturação de fibra ótica, num projeto que levará esta tecnologia a 5,3 milhões de casas e empresas portuguesas, tornando Portugal num dos primeiros países europeus com cobertura integral de fibra ótica.

O eixo da Inovação materializa-se na inauguração de mais um espaço colaborativo da Altice Labs, o laboratório AlticeLabs@ISEC, e ainda na celebração de um protocolo com a Universidade de Coimbra, para o desenvolvimento de projetos no âmbito de I&D. Estes espaços constituem uma nova plataforma colaborativa e um reforço da parceria entre a Altice Labs e a Academia, como já vem sendo tradição. Abrem-se assim as portas de um novo Centro de Investigação, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico no Instituto de Engenharia de Coimbra, o AlticeLabs@ISEC, que marca o arranque de um projeto de cooperação entre as duas entidades com vista ao desenvolvimento de sistemas e soluções em cloud.

Num projeto que constitui um investimento de 120 mil euros, a Altice Labs une-se também ao Centro de Informática e Sistemas da Universidade de Coimbra com vista à realização de ações de colaboração científica, tecnológica e de inovação, designadamente em Big Data & Analytics, Data Science e Artificial Intelligence and Cognitive Systems.
No âmbito do seu pilar de responsabilidade social e dando resposta às atuais circunstâncias impostas pelo COVID-19, a Altice Portugal apresenta um programa que dará primazia a projetos de promoção de condições para melhor prestação de cuidados de saúde. Com o parceiro Huawei Portugal, colocou à disposição de 7 hospitais portugueses de norte a sul um conjunto de sistemas de videoconferência e tablets. A disponibilização destes equipamentos visa assegurar a tecnologia para potenciar a colaboração entre várias unidades de saúde portuguesas, nomeadamente no que concerne ao estudo de casos clínicos.

Também as típicas cabines de leitura ganham mais um município na sua já extensa lista por todo o País. Oliveira de Azeméis recebe agora uma das já mais de 30 microbibliotecas reabilitadas pela Fundação Altice, que materializam hoje um espaço comunitário de democratização do acesso à Educação e à Cultura. Sob o mote "Levar, doar, ler, devolver", as antigas cabines telefónicas ganham assim uma nova importância, ao serviço da comunidade.
Neste regresso ao terreno, a Altice Portugal deixa uma vez mais a sua marca nas várias regiões que a acolhem, e de que fazem parte 10 distritos e 20 municípios. Em menos de 48 horas a Comissão Executiva percorrerá cerca de 3700 quilómetros de norte a sul do País, visitando autarcas, clientes e parceiros, em mais uma das já incontáveis incursões ao território.

2020-08-06 | Atualidade Nacional

Gestor de domínio de topo nacional lança app


2020-08-06 | Atualidade Nacional

Enquanto negócio do correio caiu, expresso e encomendas disparou


2020-08-06 | Atualidade Nacional

Com foco na alteração das regras de fidelização e implementação de 5G


2020-08-05 | Atualidade Nacional

Aplicação nacional para rastrear pandemia prestes a arrancar


2020-08-04 | Atualidade Nacional

De acordo com estudo da ANACOM sobre a qualidade do serviço móvel


2020-07-31 | Atualidade Nacional

Pandemia faz cair receitas de publicidade


2020-07-31 | Atualidade Nacional

De acordo com notícia avançada pela Reuters


2020-07-30 | Atualidade Nacional

Introduzidas durante o Estado de Emergência


2020-07-30 | Atualidade Nacional

Fibra do grupo chega já a 5,3 milhões de casas