Cofina e Prisa decidem alienação da TVI

2019-09-02 Cofina e Prisa, que detém a Media Capital, confirmaram em meados de agosto ter avançado com negociações exclusivas para a venda da dona da TVI ao grupo de Paulo Fernandes. O prazo estabelecido foi de 30 dias, mas pode ser alargado pelas partes. Espera-se que seja anunciada a decisão final durante este mês de setembro.

Esta será mais uma tentativa dos espanhóis da Prisa de vender o grupo Media Capital, detentor de ativos como a TVI e a Rádio Comercial, depois de falhada no ano passado a alienação à Altice. Tal como no processo anterior, a operação terá de passar pelo crivo da Autoridade da Concorrência (AdC)  e pelo parecer vinculativo da  Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).

Contudo, desta vez, não será uma integração vertical de negócios, como seria no caso da compra pela Altice, mas sim de uma operação de consolidação de media. No entanto, haverá sobreposição e canais de televisão, tendo em conta que a Media Capital detém a televisão generalista TVI e o canal de informação TVI24 nos canais pagos, onde igualmente a Cofina tem o canal generalista CMTV.

Há muito que a Cofina, controlada por Paulo Fernandes, tinha a ambição de deter um canal generalista de televisão e, na impossibilidade de o conseguir, acabou por lançar o CMTV nas plataformas pagas de tv. O grupo detém ainda os jornais Correio da Manhã, Jornal de Negócios e Record, assim como a revista Sábado. Com esta compra, a ser concretizada, passará a ser um projeto multiplataforma, já que além da TVI e da TVI24, passará a deter várias rádios (além da Comercial, a M80, Cidade, SmoothFM e VodafoneFM), assim como a produtora de conteúdos Plural Entertainment.

Recorde-se que a Altice tinha acordado a compra da dona da TVI por 440 milhões de euros, mas os remédios impostos pela AdC levaram a empresa liderada por Alexandre Fonseca a anunciar a desistência do negócio. Agora, e tendo em conta que a TVI perdeu a liderança em termos de audiências de tv, o marcado da como certo que o preço será bastante abaixo. A Prisa detém 94,69% do capital da Media Capital.

2019-09-13 | Atualidade Nacional

Roadshow internacional do grupo vai passar pelo mercado nacional


2019-09-12 | Atualidade Nacional

Regulador e operador avançam como comunicados e acusações


Pelas suas práticas na área da publicidade


Para pôr fim a um processo de fuga aos impostos


2019-09-12 | Breves do Sector

Com uma experiência de gaming única


2019-09-12 | Breves do Sector

Tecnologia de comunicação NarrowBand-IoT permite recolha de dados de consumo